“Não gosto disto!”

Não tente compreender a lógica das preferências alimentares do se filho. Hoje poderá repetir 3 vezes esparregado e amanhã, simplesmente dizer: “Não como isso!”

Os caprichos e as manias com a alimentação são normais. Se a sua criança se recusa a comer um determinado alimento em diversas ocasiões, experimente deixar de oferecer aquele alimento durante algum tempo.