Como continuar a diversificação alimentar a partir dos 9 meses?

Continue a oferecer um alimento novo a cada 4 ou 5 dias.

Gema de ovo

Após os 9 meses já pode oferecer a gema do ovo ao seu bebé. A gema deve substituir uma refeição de carne. Pode começar por oferecer meia gema, uma vez por semana, durante duas a três semanas. Depois passar a uma gema, uma vez por semana, durante duas ou três semanas. Após este período pode oferecer uma gema, duas ou três vezes por semana. 

Massinha, arroz e açorda

É também nesta etapa que pode introduzir a massinha, o arroz e a açorda. Sempre bem cozidos.

Hortícolas e frutas

Muitos médicos já aconselham nesta fase o consumo da maioria das frutas e hortícolas

Iogurte e queijos

Nesta etapa é possível que o médico aconselhe a oferta de iogurte natural não açucarado e de queijo fresco feito com leite pasteurizado.

Leguminosas

Alguns profissionais de saúde aconselham a partir dos 9 a 11 meses o consumo de leguminosas, como o feijão-frade, o feijão branco, o feijão preto e a lentilha. É necessário demolhá-las bem, oferecer pequenas quantidades e amassá-las, para evitar que o seu bebé se engasgue. No caso de bebés com dieta vegetariana, a introdução das leguminosas poderá ser recomendada mais cedo. 

Portanto, as refeições do bebé poderão ser organizadas assim:

Exemplo de ementa para o bebé dos 9 aos 12 meses de vida: 5 ou 6 refeições

REFEIÇÃO

EXEMPLO DE EMENTA

Pequeno-almoço

 

Papa de cereais

Lanche da manhã

 

 

Leite materno ou fórmula indicada pelo médico OU Iogurte

Atenção! Esta refeição pode não ser necessária.

Almoço

 

Puré de legumes com carne ou peixe

+

Fruta à colher ou com as mãos

Lanche da tarde

 

 

Leite materno ou fórmula indicada pelo médico OU Iogurte

+

Fruta, pão ou bolacha para o bebé comer com as mãos   

Jantar

 

Puré de legumes

+

Segundo prato de arroz ou batata ou batata-doce ou massinha ou açorda simples com carne ou peixe ou gema de ovo e hortícolas

+

Fruta à colher ou com as mãos

 

Obs.: É importante servir os vegetais também no segundo prato, para que o bebé não se habitue a aceitá-los somente na sopa. Podem ser servidos amassados, em pedaços pequenos ou, quando macios, podem ser oferecidos em tiras para o bebé comer com as mãos. 

Antes de deitar

 

 

Leite materno ou fórmula recomendada pelo médico

Atenção! Esta refeição pode não ser necessária.

Tenha em conta que este é somente um exemplo. Pode variar as refeições como for mais conveniente. O tipo de pequeno-almoço pode variar, por exemplo, com o lanche da tarde. Já o almoço pode variar com o jantar. As combinações e receitas podem e devem variar conforme a imaginação e o tempo permitirem.

Sabia que…

Variar a alimentação é também importante para evitar consumir substâncias nocivas em quantidades capazes de prejudicar a saúde?

Quase todos os alimentos contêm substâncias que fazem mal à saúde se forem consumidas em excesso. São exemplos destas substâncias: pesticidas, antibióticos, mercúrio, hormonas, gorduras más, entre outras. Se o seu bebé come sempre os mesmos alimentos, poderá consumir determinadas substâncias em quantidades capazes de fazer mal à saúde.

Vídeo: