Como escolher os produtos frescos não embalados?

Hortícolas e frutas

Prefira os hortícolas e frutas da época, de produção nacional. São mais saborosos e contêm menos pesticidas e outros químicos do que os de estufa ou aqueles que viajam longas distâncias para chegar até à sua mesa. Além disso, são mais baratos!

As hortaliças devem ter um aspeto fresco, firme e viçoso e não devem ter manchas amarelas, folhas murchas ou talos moles. 

Os produtos hortícolas, como o tomate, o pimento, a curgete, o pepino e a beringela, devem estar firmes e viçosos. A pele deve estar lisa e não enrugada e não deve conter partes tocadas, manchas ou bolores. O pedúnculo (pé) deve estar fresco e firme e, não, murcho.

Relativamente às frutas, a forma de escolher as melhores vai variar de fruta para fruta. Regra geral, devem ter um aspeto fresco e estar em boas condições, sem partes amassadas, bolores, cortes ou manchas. Os pedúnculos (pés) devem estar frescos e firmes e, não, murchos. O cheiro deve ser o característico de cada fruta.

Algumas frutas podem continuar a amadurecer mesmo depois de colhidas. Por isso, pode comprá-las maduras, para consumo imediato, ou mais verdes, para serem deixadas a amadurecer fora do frigorífico. São elas: abacate, ameixa, ananás, banana, damasco, dióspiro, figo, kiwi, maçã, manga, maracujá, melão, nectarina, papaia, pera e pêssego.

Outras frutas só amadurecem na planta e, por isso, devem ser colhidas e compradas maduras. São elas: cereja, laranja, limão, melancia, mirtilo, morangos, romã e uva.  

Carne e pescado

A carne deve ter aspeto fresco e cor característica, ou seja, a carne de vaca deve ser vermelha, a de porco deve ser rosa, a de frango e peru devem ser amarelo pálido, ligeiramente rosado. Em todos os casos o aspeto deve ser brilhante e vivo. A consistência da carne deve ser firme e elástica e, não, flácida. Não compre carne com manchas escuras ou esverdiadas. A pele das aves não deve possuir cortes ou queimaduras. Evite comprar carne que já se encontre picada. Prefira a carne picada na hora.

É normal que a carne de vaca embalada a vácuo seja mais escura. Isso acontece devido à falta de oxigénio dentro da embalagem. Depois de aberta a embalagem, a cor volta ao normal.

Já o pescado fresco pode ser identificado por sinais como o cheiro a mar, carne e barriga firmes, pele de cor viva e aspeto brilhante e escamas bem aderentes. As guelras devem ser vermelhas e brilhantes e não devem ter muco. Os olhos devem estar salientes e arredondados para fora, com córneas (parte clara) translúcidas, pupilas negras e brilhantes. Córneas leitosas e pupilas cinzentas são sinais de que o pescado não é fresco.    

As frutas, os hortícolas, o pescado e a carne pré-preparados, refrigerados, congelados ou em conserva, podem ser boas opções quando o tempo para ir às compras e preparar os alimentos é curto. Mas a escolha destes produtos vai envolver outros aspetos como o estado da embalagem e a leitura dos rótulos. Vamos ajudar de seguida.

Dica…

Os produtos de produção biológica são uma excelente opção por não conterem químicos, como fertilizantes e pesticidas. Estes químicos são  nocivos para a saúde quando consumidos em grande quantidade.Principalmente no caso de crianças,que ainda estão em desenvolvimento.  Contudo, os produtos biológicos são mais caros e nem sempre é possível comprá-los.

Tenha calma. A utilização de químicos na produção de alimentos é regulamentada por lei para não oferecer risco à saúde das pessoas. Mas tenha o cuidado de  lavar bem as frutas e vegetais em água corrente e, quando for o caso,  descascá-los ou retirar-lhes as folhas externas.Assim, reduzirá ainda mais a quantidade destes químicos que consomem.  

Folhetos: