Desenvolvimento da criança e sugestões de brincadeiras ativas dos 2 aos 3 anos

2 AOS 3 ANOS

Como se movimenta a criança?

n  Sobe e desce escadas com o apoio de um adulto ou do corrimão, colocando os dois pés em cada degrau. Aos poucos, vai conseguindo alternar os pés.

n  Anda em bicos de pés.

n  Anda para trás alguns passos.

n  Salta levantando os dois pés do chão.

n  Corre com mudanças de velocidade e direção.

Atenção à segurança!

Continue a garantir os cuidados de segurança das etapas anteriores.

Consulte o texto “Brincar com segurança” e saiba mais sobre como garantir a segurança da sua criança enquanto brinca.

Sugestões de brincadeiras ativas

n  Vão ao parque, ao mercado, à praia, brinquem às escondidas, à apanhada, de “siga o líder”, joguem bowling, joguem à bola com os pés e com as mãos, cantem canções que envolvam movimentos para a criança imitar, tentem apanhar bolinhas de sabão, dancem, imitem animais, enfim, divirtam-se.

n  Experimentem esta nova brincadeira: ponha uma música e comecem a correr à volta da mesa ou a dançar. Pare a música e ensine a criança a parar sempre que a música deixar de tocar. Pode começar por dizer em voz alta “pare” ou “stop” quando desligar a música. 

n  Criem um percurso com obstáculos dentro ou fora de casa, para que a criança tenha que correr, saltar um pedaço de papel ou uma folha, contornar um móvel ou árvore, passar por baixo de uma cadeira ou por dentro de um túnel, rebolar sobre um colchão ou sobre a relva. Para dar mais emoção, pode até fingir que os obstáculos são animais ferozes, rios, etc. 

n  Brinquem a acertar uma bola num cesto ou num balde a uma distância cada vez maior. 

n  Brinquedos de puxar, cavalos de pau, carrinhos de mão, triciclos, bolas, túneis, todos podem fazer as delícias da criança.

n  As brincadeiras com água são normalmente muito apreciadas em dias quentes. Sempre com muita atenção ao risco de afogamento em piscinas, mesmo quando o nível da água é baixo.   

Existem aulas de natação e ginástica para crianças nesta fase. Estas aulas não são mais do que brincadeiras mais ou menos organizadas que servem para estimular o desenvolvimento da criança e o prazer por uma vida ativa. Além disso, são uma boa oportunidade de interação da criança com os pais e de convívio entre os adultos.

Desde que sinta que é um prazer para os dois e não um transtorno, pode inscrever a sua criança nestas atividades.

Dica.

Sempre que possível, leve a sua criança para brincar ao ar livre. Estar ao ar livre contribui para uma vida ativa e para a saúde e o bem-estar das crianças.

As informações que disponibilizamos aqui servem apenas como um guia. Cada criança é uma criança e o desenvolvimento da sua pode ser diferente do desenvolvimento de outra com a mesma idade. Não deixe de consultar as sugestões para todas as etapas.

Vídeo: