Não utilizar alimentos para premiar ou confortar as crianças

Os alimentos recebidos como gratificação por bom comportamento ou como conforto em momentos de dor, tristeza ou irritação são normalmente bolachas e guloseimas. Nestas situações, ganham um valor especial e tornam-se, muitas vezes, os preferidos e mais desejados da criança.

Este tipo de atitude pode ainda contribuir para que a criança se habitue a comer para aliviar momentos de tristeza e frustração ou para comemorar os seus sucessos.

Para momentos de dor e tristeza, os mimos e o apoio dos adultos e dos amigos são sempre boas alternativas.

Além do elogio e de alternativas criativas com que os educadores estão familiarizados, como ser o líder da turma durante um dia, ganhar uma medalha ou preencher um calendário com carinhas tristes ou felizes, uma brincadeira ativa pode ser um prémio também muito interessante e saudável.

Vídeo: