O que é importante saber sobre as informações nutricionais dos produtos?

Com a Informação Nutricional presente no rótulo do produto ficamos a conhecer a sua composição nutricional, ou seja, qual a quantidade de calorias (energia)  e nutrientes que fornece por cada 100 g, 100 ml ou porção do produto alimentar.

Regra geral,para comparar produtos semelhantes, deve utilizar as Informações Nutricionais por 100g ou 100ml. As Informações Nutricionais por porção só devem ser utilizadas no caso de alimentos em doses individuais, que serão consumidas de uma só vez.  

No exemplo abaixo poderá observar as Informações Nutricionais de um produto alimentar. A seguir explicaremos como utilizar as informações em destaque como critério de escolha entre produtos semelhantes.

Informação Nutricional de um produto alimentar

 

Existem produtos com Informações Nutricionais muito completas e, por isso, muito mais difíceis de interpretar. Como não é obrigatório incluir todos os nutrientes, não fique a pensar que um alimento é pior do que outro só porque tem a informação nutricional de vitaminas e minerais.

Avalie o produto alimentar como um todo, não esquecendo que terá que ter em conta os nutrientes que lhe são próprios. Por exemplo, não vai avaliar a quantidade de fibras do leite porque este alimento não é fonte de fibra.

As informações pelas quais deve procurar nos rótulos são:  o valor energético e as quantidades de açúcares, ácidos gordos saturados, fibra e sal.

  • Valor energético

É o mesmo que energia ou valor calórico ou calorias. Quanto mais calorias um alimento fornece, mais engorda. Ou seja, quem precisa controlar o aumento de peso deve optar por produtos com menor valor energético quando comparado com outro semelhante. Mas este não deve ser o único critério de escolha. Um alimento pode ter o valor energético ligeiramente mais baixo que outro semelhante e ter grande quantidade de ingredientes indesejáveis, como açúcares, ácidos gordos saturados, sal e aditivos.

  • Açúcares

Os açúcares são os chamados hidratos de carbono ou glícidos simples. Em excesso, contribuem para o aumento de peso e, alguns deles, para o aparecimento de cáries dentárias.  Por isso, não devem ser consumidos em grandes quantidades. Este é um critério importante de escolha: quanto menos açúcares tiver um produto, mais saudável será.

Atenção! Existem açúcares naturalmente presentes nos alimentos. É o caso da lactose, presente no leite, e da frutose, presente na fruta. É importante observar também a Lista de Ingredientes para perceber se existem ou não açúcares adicionados. Estes sim, verdadeiramente indesejáveis.        

  • Lípidos saturados ou Gorduras saturadas ou Ácidos gordos saturados

Se consumidas em excesso, as gorduras saturadas contribuem para o aumento do colesterol LDL (mau colesterol) e diminuição do colesterol HDL (colesterol bom).  Por isso, são indesejáveis em grandes quantidades. Este é outro critério importante de escolha: quanto menos gorduras saturadas um alimento tiver comparativamente com outro alimento semelhante, mais saudável será.

Atenção! A gordura saturada está naturalmente presente em alimentos como o leite, o queijo, a carne, o peixe, entre muitos outros. Não deixe de consumir alimentos importantes somente porque têm gordura saturada na sua composição. As crianças de 1 a 2 anos de idade, por exemplo, devem consumir leite gordo, exceto se tiverem outra recomendação médica. Apenas compare produtos equivalentes para fazer a melhor escolha.

  • Fibras

A quantidade de fibras pode ser um importante critério de escolha para alguns alimentos, como os cereais e seus derivados. A fibra é um nutriente desejável. Regra geral, quanto mais fibra tem um alimento, mais saudável deveria ser. No entanto, os os produtos alimentares ricos em fibra são muitas vezes ricos em açúcares e gorduras. Por isso, é importante verificar também estes nutrientes.

  • Sódio (ou Na) ou sal

O sódio é um elemento que faz parte do sal. Seu símbolo é Na. Daí poder encontrar a designação sódio, Na ou sal na informação nutricional de um produto alimentar. O sódio é necessário para o organismo, mas deve ser consumido em pequenas quantidades. Se consumido em excesso pode contribuir para o aumento da pressão arterial. Por isso é indesejável em grandes quantidades. Quanto menos sódio ou sal tiver um alimento, mais saudável será.

Dica:

Existem outros tipos de lipidos para além das gorduras saturadas. Alguns deles são benéficos para  a saúde, desde que não sejam consumidos em excesso. É o caso das gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas, que estão associadas a um efeito protetor contra doenças cardíacas.

Já as gorduras trans são indesejávei  pois aumentam os níveis do mau colesterol (LDL) no sangue.

As informações sobre estes lípidos nem sempre estarão presentes nos rótulos. Se estiverem, utilize-as!   Compare produtos alimentares semelhantes e prefira os mais ricos em gorduras monoinsaturadas e/ou polinsaturadas e sem gorduras trans.

Folhetos: