Os amigos

Os amigos, direta ou indiretamente, também vão influenciar cada vez mais as preferências e os hábitos do seu filho.

Apesar das orientações das instituições e de toda a sua dedicação na preparação da sua lancheira, é muito provável que um dia ele manifeste desagrado com o que leva para comer. Afinal, porque é que os amigos levam imensas guloseimas, fritos de pacote (snacks), bebidas açucaradas e ele não?

Responda que estes produtos alimentares são para dias de festa e que podem fazer mal à saúde se consumidos frequentemente e em grande quantidade. Para que não se sinta tão diferente das outras crianças, procure encontrar alternativas saudáveis que o deixem mais feliz e escolham um dia para fazer a diferença. Neste dia pode ser dada, por exemplo, uma barra de cereais que tenha um pouco mais de açúcar ou um sumo 100% fruta, no lugar do leite ou do iogurte.

Outra situação comum é a criança deixar de gostar de determinados alimentos somente porque um amigo não gosta ou disse coisas “horríveis” sobre ele. As manias e os caprichos com a alimentação são normais. Não dê grande importância e evite fazer comentários. Experimente deixar de servir o alimento por um tempo e depois voltar a incluí-lo na alimentação da criança. Logo esta mania irá passar como tantas outras. 

Folhetos: