Outras informações e conselhos sobre o consumo de gorduras e óleos durante a gravidez

As gorduras e óleos são fontes de lípidos, o nutriente com mais calorias da alimentação. As quantidades recomendadas são reduzidas, mas, como os demais alimentos da Roda, estes são essenciais. 

Para consumir gorduras e óleos sem estar preocupada com quantidades exatas, tenha em conta os seguintes conselhos:

  • Modere a quantidade de gorduras e óleos utilizados para barrar, temperar e cozinhar;
  • Prefira sempre os óleos vegetais como o azeite, o óleo de amendoim, de soja, de milho e de girassol;
  • Evite as gorduras animais (natas, manteiga, banha, toucinho, bacon…), o óleo de coco e o óleo de palma;
  • Evite massas folheadas, enchidos e refeições pré-confecionadas refrigeradas ou congeladas, que habitualmente têm excesso de gordura;  
  • Prefira as preparações como grelhados e cozidos ou guisados, estufados e assados com pouca gordura e sem refogados;
  • Evite os fritos e os refogados ou qualquer cozinhado que leve muita gordura;
  • Evite reutilizar e aquecer demais os óleos. Os óleos muito aquecidos sofrem alterações e produzem substâncias que podem causar cancro e outras doenças. São sinais de que o óleo está alterado: saída de fumos, odores e sabores desagradáveis, e a formação de espuma;
  • Escolha as alternativas mais saudáveis de óleos e gorduras para cada fim:

Em cru, para temperar – prefira o azeite ou outros óleos vegetais. 

Para barrar – prefira os cremes vegetais. Compare os rótulos dos produtos e escolha o creme vegetal com menor quantidade de ácidos gordos saturados, sem ácidos gordos trans e com maior quantidade de ácidos gordos monoinsaturados ou polinsaturados. Caso opte pela manteiga, utilize menos quantidade ou experimente uma manteiga magra.

Para cozinhar a temperaturas baixas (cozinhados com água desde o início) – prefira o azeite ou outro óleo vegetal.

Para cozinhar a temperaturas altas (frituras, assados e refogados) – prefira o azeite, o óleo de amendoim, ou a banha, que aguentam temperaturas mais altas sem se alterarem.

Sabia que…

As refeições pré-confecionadas vendidas em supermercados e os pratos servidos em restaurantes costumam conter mais gordura e sal do que as refeições que fazemos em casa?

Além disso, as porções podem ser muito exageradas.

Se a sua alimentação é saudável, uma ida ao restaurante ou uma refeição congelada vez por outra não vão fazer mal. Mas procure pelas opções mais saudáveis e divida porções muito grandes.