Prevenir a obesidade infantil: Papa Bem para um crescimento saudável

Nos últimos anos temos assistido a um aumento preocupante do número de crianças obesas. Como consequência disso, é cada vez mais comum encontrar nas crianças problemas de saúde que costumavam aparecer somente em adultos. Diabetes, tensão alta e colesterol elevado são exemplos destes problemas cada vez mais comuns em crianças como consequência da obesidade.

O tratamento da obesidade é difícil. Além disso, mesmo que se consiga tratar a obesidade, uma criança que já foi obesa terá sempre tendência a voltar a ser obesa durante a sua vida.   

Parece claro que a prevenção é a melhor forma de enfrentar a obesidade infantil e as suas consequências.

Vídeo: 

Bibliografia da secção: