Quais são as causas de uma pega incorreta e como corrigir este problema?

As causas de uma pega incorreta variam. A utilização de biberões e chupetas antes do aleitamento materno estar bem estabelecido é uma das causas conhecidas. A forma como o bebé posiciona a boca e a língua para chuchar na chupeta ou sugar o biberão é diferente da forma como o faz para mamar ao peito da mãe. Assim, o bebé pode ficar confuso e ter mais dificuldades para fazer uma boa pega e sugar.

Outras causas podem ser o facto de o bebé ser ainda muito pequeno ou fraco e alguns problemas funcionais, como mamilos invertidos ou planos, ou mamas muito grandes que dificultam a pega.

É também comum que a posição da mãe e do bebé ao mamar interfiram na pega do bebé. Existem várias posições possíveis para dar de mamar sentada ou até mesmo deitada de lado. O importante é que a mãe esteja confortável, o bebé esteja voltado para a mama da mãe e que seu corpo esteja em contacto com o corpo da mãe e todo apoiado. A cabeça ou o corpo do bebé não devem estar retorcidos ou descaídos.

Quando a mãe observa que a pega do bebé não está correta, deve retirar o bebé da mama para tentarem uma nova pega. Para retirar o bebé da mama, a mãe deve colocar vagarosamente o seu dedo mínimo dentro da boca do bebé até que ele solte o mamilo. Nunca se deve puxar o bebé para que ele largue a mama. Isso pode magoar o mamilo e ser bastante doloroso. Para facilitar a nova pega, a mãe deve experimentar aproximar o mamilo da boca do bebé apenas quando este estiver com a boca bem aberta.

Muitas mães necessitam de ajuda nos primeiros dias logo após o nascimento do bebé para assegurar que o seu bebé mame bem. É importante aproveitar os dias em que está na maternidade e as primeiras consultas de saúde infantil para tirar as suas dúvidas e solicitar a ajuda necessária.    

Vídeo: