Que outros alimentos introduzir entre os 6 meses e os 9 meses?

Carne e peixe

Aos 6 meses recomenda-se a introdução da carne e do peixe na alimentação do bebé. Deve fazer esta introdução o quanto antes pois nesta etapa o seu bebé necessita do ferro presente nas carnes e no peixe.

Relativamente às carnes, normalmente inicia-se com as mais magras, como frango, peru e coelho. Após a adaptação às carnes magras, pode passar a usar também as partes mais magras das carnes de vaca, borrego e vitela. Nesta fase, costuma-se evitar a carne de porco.

Quanto aos peixes, é comum que se recomende nesta fase peixes menores como a dourada, o linguado, a faneca, a pescada e a solha.

Não dê ao seu bebé fígado de peixe, nem peixes grandes de águas profundas como cação, tubarão, espadarte, peixe-espada e atum (atum fresco ou congelado), pois podem conter concentrações elevadas de mercúrio. De uma forma geral, quanto mais antigo e maior for o peixe, maior será o seu conteúdo de mercúrio. O mercúrio é tóxico, principalmente para crianças em pleno desenvolvimento.

O salmão, devido ao seu elevado teor de gordura, pode ser difícil de digerir, pelo que se recomenda a sua introdução apenas aos 10 meses.

Após o período de adaptação, organize a alimentação do seu bebé de forma a oferecer carne em 8 refeições por semana e peixe em 6 refeições por semana.

Iogurte feito com leite adaptado

Muitos médicos optam por deixar para mais tarde a introdução do iogurte feito com leite de vaca e todos os lacticínios. Principalmente se houver história de alergias na família do bebé. É comum aconselharem para esta etapa a utilização do iogurte feito com leite adaptado para bebés. Infelizmente estes iogurtes contêm açúcar. Assim, o melhor pode ser esperar para oferecer o iogurte natural sem açúcar. Se optar por oferecer iogurte feito com leite adaptado, pode fazê-lo 2 ou 3 vezes por semana, alternando-se com a papa de cereais ou a substituir uma refeição de leite.

Hortícolas e frutas

Quanto aos hortícolas e frutas, pode introduzir a maioria e deixar para mais tarde apenas:

  • o espinafre, o nabo, a nabiça, o aipo, o tomate, a beterraba e a couve roxa.
  • a laranja, a clementina, a toranja, o limão, a lima, a amora, o abacaxi, o ananás, o kiwi, o maracujá  e os morangos.

Papa de cereais com glúten

Nesta etapa a papa de cereais já deve conter glúten

O esquema abaixo pode ajudar a compreender melhor as regras para a introdução de alimentos na diversificação alimentar que se inicia aos 6 meses. Observe que os novos alimentos introduzidos estão em destaque e que o período de adaptação usado foi de 4 dias. Este é somente um exemplo e deve adaptá-lo à vossa realidade e aos conselhos do médico do bebé.

Exemplo de esquema de introdução de alimentos na diversificação alimentar que se inicia aos 6 meses de vida do bebé

DIAS

REFEIÇÕES À COLHER*

1º ao 4º

Almoço:                      Puré de batata e cenoura +Puré de maçã

5º ao 8º

Almoço:                         Papa de cereais com glúten

 Jantar:                           Puré de batata e cenoura + Puré de maçã

9º ao 12º

Almoço:                         Puré de batata, cenoura e frango +

                                        Puré de maçã

Jantar:                            Papa de cereais com glúten

13º ao 16º

Almoço:                        Puré de batata, abóbora e frango + 

                                        Puré de maçã

Jantar:                            Papa de cereais com glúten

17º ao 20º

Almoço:                      Puré de batata, cenoura e frango +                                                      

                                        Puré de banana

Jantar:                            Papa de cereais com glúten

21º ao 24º

Almoço:                         Puré de batata, abóbora, alface e frango +Puré

                                        de maçã    

 Jantar:                           Papa de cereais com glúten

25º ao 28º

Pequeno-almoço:        Papa de cereais com glúten  

Almoço                          Puré de batata, cenoura, alface e peixe +

                                        Puré de banana

 Jantar:                           Puré de batata, abóbora, alface e frango +

                                        Puré de maçã

….

Assim por diante, até chegar aos 9 meses…

* Demais refeições de leite materno ou fórmula indicada pelo médico. O leite de vaca não é recomendado nesta fase.

Sabia que...

Os hortícolas e frutas da época da produção nacional são mais saborosos e contêm menos pesticidas e outros químicos do que aqueles de estufa ou que têm de viajar longas distâncias para chegar até à sua mesa?

Além disso são mais baratos. Prefira o que é português!

Vídeo: