Uma palavrinha sobre os Aditivos

Os aditivos são substâncias naturais ou artificiais usadas para conservar e evitar a contaminação dos alimentos por micróbios ou para melhorar as características dos alimentos, como o sabor, a textura, a cor e o cheiro. 

São exemplos de aditivos: corantes, conservantes, antioxidantes, espessantes, gelificantes, emulsionantes, estabilizadores, intensificadores de sabor, reguladores de acidez, acidificantes, aromatizantes e edulcorantes.

Na Europa, os aditivos aparecem descritos na Lista de Ingredientes dos produtos alimentares através do nome e/ou da letra “E” seguida de um número.

Alguns aditivos têm sido alvo de debate e controvérsias, sendo associados a problemas de saúde. É importante que saiba que são os aditivos que garantem a segurança de grande parte dos produtos embalados que comemos nos dias de hoje. Além disso, as quantidades dos aditivos utilizados nos alimentos são regulamentadas por lei para que não causem problemas de saúde. Certos aditivos são até mesmo desejáveis, como é o caso da vitamina C ou ácido ascórbico.

Contudo, é importante que a alimentação seja o mais natural possível, ou seja, à base de produtos frescos ou ligeiramente processados, que não necessitam de grandes quantidades de aditivos. Os produtos alimentares ricos em aditivos devem ser consumidos apenas ocasionalmente, principalmente no caso de crianças.

Compare a Lista de Ingredientes dos rótulos dos alimentos e opte por aqueles sem ou com menos quantidade de aditivos.

Folhetos: