Image Alt

Papa Bem

  >  Gravidez   >  Ganho de peso saudável durante a gravidez

Ganho de peso saudável durante a gravidez

O ganho de peso durante a gravidez tem grande influência na forma como decorre a gravidez e o parto, no desenvolvimento e na saúde do bebé e na saúde e no bem-estar da própria mulher. Consulte os materiais desta secção e conheça algumas das consequências de um ganho de peso inadequado durante a gravidez. Saiba ainda quais são as recomendações neste sentido para alcançar o melhor para si e para o seu bebé. 

O que pode acontecer se eu ganhar peso a menos ou a mais do que o recomendado durante a gravidez?

Ganhar peso abaixo das recomendações durante a gravidez aumenta o risco do seu bebé nascer com baixo peso. Nascer com baixo peso representa um maior risco de adoecer e até de morrer logo após o nascimento, sofrer atrasos no desenvolvimento e de vir a ter doenças cardiovasculares e diabetes na vida adulta.

Por outro lado, ganhar peso a mais durante a gravidez aumenta o risco do bebé crescer demais e de ser necessário um parto por cesariana. Além disso, os bebés cujas mães ganham peso acima dos valores recomendados durante a gravidez têm maior risco de tornarem-se obesos.

É importante lembrar que a obesidade da mãe aumenta o risco de complicações na gravidez como diabetes gestacional, tensão alta, pré-eclampsia, parto prematuro, entre outras. Quanto mais grave é a obesidade da mãe, maiores são os riscos. Mas mesmo o excesso de peso já pode trazer complicações.

Quantos quilos devo ganhar durante a gravidez?

Existem diversas recomendações para um ganho de peso saudável durante a gravidez. Apresentamos a seguir as últimas recomendações do Institute of Medicine, dos Estados Unidos. Estas recomendações procuram um equilíbrio entre o maior número possível de benefícios para a saúde da mãe e do bebé. Têm em conta o crescente número de casos de obesidade e de mulheres que engravidam com excesso de peso. Por isso, aconselham um ganho de peso mais reduzido para as mulheres que engravidam com excesso de peso ou obesidade. Por outro lado, para proteger o bebé de nascer com baixo peso, aconselham um ganho de peso maior para as mulheres com baixo peso antes de engravidar e mantêm um limite mínimo de ganho de peso seguro para todas as mulheres.

As orientações acerca do ganho de peso semanal a partir do 2º trimestre de gravidez, ou seja, a partir da 13ª semana de gravidez permitem detetar e corrigir mais rapidamente ganhos de peso acima ou abaixo do recomendado.

Para saber quantos quilos deve ganhar durante a gravidez é necessário, em primeiro lugar, calcular o seu Índice de Massa Corporal (IMC) de antes de engravidar.

O IMC é um indicador que avalia a adequação do peso com a altura. Em adultos, temos a seguinte classificação:

Baixo peso: IMC menor que 18,5

Peso normal: IMC entre 18,5 e 24,9

Excesso de peso: IMC maior ou igual a 25

Obesidade: IMC maior ou igual a 30

Calcule o seu IMC de antes de engravidar utilizando a seguinte fórmula:

Por exemplo, se tinha 58 kg antes de engravidar e a sua altura é 1,69 m. O seu IMC de antes de engravidar é:

 

Já conhece o seu IMC de antes de engravidar? Então pode consultar as recomendações para um ganho de peso saudável durante a gravidez que apresentamos no quadro abaixo.

Recomendações para o ganho de peso durante uma gravidez de um único bebé – Institute of Medicine, 2009


IMC da mulher antes de engravidar

Ganho de peso total

Ganho de peso médio por semana para o 2º e 3º trimestres*

Baixo peso

IMC menor que 18,5

12,5 kg – 18 kg

Cerca de 0,5 kg por semana

Peso normal

IMC entre 18,5 e 24,9

11,5 kg – 16 kg

Cerca de 0,4 kg por semana

Excesso de peso

IMC entre 25 e 29,9

7 kg – 11,5 kg

Cerca de 0,3 kg por semana

Obesidade

IMC maior ou igual a 30

5 kg – 9 kg

Cerca de 0,25 kg por semana

*Para o 1º trimestre, ou seja, os três primeiros meses de gravidez, espera-se um aumento de peso total de 0,5 a 2kg.

Estas recomendações devem servir apenas como um guia, mas não substituem os conselhos do seu médico. Cada mulher é uma mulher e cada gravidez é uma gravidez. Outros fatores e condições de saúde devem ser analisados e ninguém melhor do que o seu médico para acompanhar e orientar o seu ganho de peso.

Mulheres grávidas de gémeos não devem utilizar estas recomendações como guia e devem, igualmente, seguir as orientações do seu médico.